Porque há ondas maiores nos sets?

Os surfistas aguardam no outside sempre pelas ondas maiores que aparecem de tempo a tempo, este conjunto de ondas tem o nome de SET. A Carcavelos Surf School explica-te a razão da existência dos SETS:

Quando um determinado vento sopra numa determinada zona de água marítima (fetch) dá-se origem a ondas, onde as suas dimensões vão depender dos seguintes factores: força, duração e distância do vento.

fetch
Figura 1 – Origem da Ondulação

 

As ondulações maiores em Portugal normalmente têm origem no Atlântico Norte devido à existência de baixas pressões.

Na origem do centro da tempestade existe uma grande confusão e um movimento anárquico de várias ondas com diferentes formas, tamanhos e direcções, dando-se depois o fenómeno de propagação da ondulação.

As ondas viajam milhares de quilómetros mantendo grande parte da energia inicial, já sem a influência do vento gerador. Nesta viagem vão-se agrupando conjuntos de ondas que permitem manter a energia para chegarem à costa.

No oceano há diversas ondulações e é inevitável que venham a colidir e interferir umas com as outras. Isso cria padrões de interferência, a interferência construtiva acontece quando ondulações com o mesmo comprimento de onda se encontram em fase, o que significa que as cristas e as cavas coincidem. A onda resultante terá o mesmo comprimento de onda e uma altura que será a soma das alturas individuais (fig 2 , lado esquerdo).

A interferência destrutiva acontece quando as cristas de um sistema coincidem com as cavas de outro. Se os sistemas de ondulação têm características semelhantes, a soma algébrica será zero, e a energia de um será cancelada pela do outro (fig.2, centro)

Porém, o mais provável é que haja ondas de diversos comprimentos e alturas em cada sistema e por isso, desenvolve-se uma interferência mista. É por isso que, os sistemas de ondulação que chegam à costa geralmente têm padrões irregulares com sequências de ondas altas e baixas (fig.2, lado direito).

interferencia
Figura 2 – Interferência de ondas

 

Boas ondas!

Leave a Reply